quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Primeiros Passos



Sejam bem vindos!

Inicio agora um novo desafio: criar um portal que transmita aos leigos e aos entendidos um pouco sobre Medicina Tradicional Chinesa (MTC), principalmente acupuntura, e Fisioterapia, principalmente nas áreas esportiva e de neurologia, trazendo à tona discussões e visões sobre vários assuntos. Para tanto, contarei com artilharia pesada, pois este blog terá participações de grandes mestres, enriquecendo e passando a vivência prática de longos anos de experiência.
Teremos muitas histórias, algumas engraçadas, outras nem tanto, porém todas nos ensinando e levando a um crescimento pessoal e profissional.
Outro objetivo deste blog será divulgar cursos, palestras, simpósios, congressos, além da própria fisioterapia e da MTC. Disponibilizamos uma gama de links onde encontrarão instituições que oferecem cursos (vide coluna “aprimore-se”) e venda de equipamentos e materiais de trabalho (vide coluna “vá às compras!”).
Manterei o blog sempre atualizado, tendo uma rotina de novos posts sempre as quartas e sábados. Portanto, deixe anotado em sua agenda, para sempre passar por aqui, no cogitarefisioterapia.blogspot.com!
Falando em Cogitare Fisioterapia, ao começar a divulgar meu blog, muitos me perguntaram sobre o nome, seu significado e filosofia. A palavra cogitare vem do latim, e significa cuidado em nosso idioma. Já cuidar é: pensar, atentar, meditar, prevenir, tratar e ter cuidado, entendendo este como: encargo, responsabilidade, compromisso, diligência, zelo, afeto, sentir e compartilhar.
Cuidar, num sentido mais macrocósmico, é uma atitude de ocupação. Essa atitude também é extensiva ao cuidado pessoal, material, ecológico e espiritual.
O cuidado se encontra na própria essência humana, pois desde o nascimento necessitamos de cuidado humano. O cuidado é responsável pela sobrevivência do homem, sobrevivência esta que não se refere apenas ao físico, ao biológico, mas à pessoa como um todo, o seu lado emocional, espiritual e social. Ou seja, um cuidado adequado é indispensável para o desenvolvimento de suas capacidades. É este cuidado que torna o homem realmente humano.
Por hoje é isso, até sábado com um novo post!

Um comentário:

Maria Fernanda disse...

Felipe, concordo com você sobre o cuidado do paciente como um todo e acrescento que nós fisioterapeutas também devemos buscar esse equilíbrio diariamente. Parabéns pelo Blog! Maria Fernanda Jacob.